| |

9 de jul de 2009

Novo macaco é catalogado


(Hypescience)

Pesquisadores descobriram uma nova subespécie de macaco em uma região remota da Floresta Amazônica. De acordo com a Wildlife Conservation Society (WCS), o primata já havia sido descoberto pelos cientistas em 2007 no estado do Amazonas, sendo parente do sagüi-de-cara-suja, que é identificado pelas costas marcadas.

O macaquinho foi batizado com o nome de sagüi-de-cara-suja de Mura, em homenagem à tribo indígena de Mura, da região da bacia dos rios Purus e Madeira, onde a nova espécie foi encontrada.

O sagüi-de-cara-suja de Mura é da cor cinza e marrom, pesa 213 gramas, possui apenas 24 centímetros de altura, porém com uma cauda de 32 centímetros. Segundo o comunicado divulgado pela WCS por Fabio Rohe, autor principal do estudo que confirmou a descoberta, o novo macaco representa que mesmo hoje é possível conseguir grandes achados na natureza.

“Essa descoberta deveria servir como um alerta em que ainda tem muito o que aprender sobre os locais selvagens no mundo, apesar de que os homens ainda ameacem essas áreas com destruição”, completa.

Apesar disso, o macaco já está sendo ameaçado pelos projetos de desenvolvimento da região, particularmente de uma grande rodovia que atravessa o Amazonas e está sendo asfaltada. O medo dos conservacionistas seria que a estrada promovesse um desmatamento nas próximas duas décadas.

NOTA: Fico muito entusiasmado quando vejo alguma nova espécie descoberta sendo anunciada (tudo bem que não é todo dia), mas para melhorar minhas palavras, fico entusiasmado mesmo quando vejo algum animal que eu não conhecia. É interessante ver o quanto Deus foi criativo com os animais que Ele criou. Isso me lembra do fato de que podem existir várias outras espécies de animais ainda não catalogados, até mesmo por que o homem não explorou tudo do planeta, existem muitas florestas virgens. Fico na expectativa de encontrarem um animal fora do comum, ou até mesmo um Dinossauro vivo ainda hoje. Não é de espantar, pois na floresta do Congo nativos afirmam que já viram uma criatura que segundo as características que eles mesmo fornecem, é bastante semelhante a um dinossauro, poderia até ser um diplodoco, acreditem no que diz o artigo: "mesmo hoje é possível conseguir grandes achados na natureza.". Bem a teoria criacionista acredita que homens e dinossauros foram contemporâneos. Seria um grande embaraço para a teoria evolucionista se um dinossauro fosse encontrado vivo ainda hoje, ou provas (pois evidências existem) de que eles foram contemporâneos do homem.


0 comentários:

Postar um comentário